Resenha Fotografica: Phantom Powers, Reverendo Frankenstein e Skizoyds derrubam tudo no Trackers (05/04/2014)

Resenha Fotografica: Phantom Powers, Reverendo Frankenstein e Skizoyds derrubam tudo no Trackers (05/04/2014)

Vamo que vamo… saindo da minha “zona de conforto” (Inferno Club) e caindo pela primeira vez no The Trackers, clube lá no centrão que já esta na boca da galera alternativa!! As atrações??? Os camaradas do Skizoyds e Reverendo Frankenstein e pela primeira vez The Phantom Powers, banda gaucha que já é normalidade no Loco A Go Go Sessions…bora lá!!!

Primeiro acerto do evento: horario! Adoro esquema show em horario de show (mais uma vez bato nessa tecla)… quem quer balada…vai no show e depois cai na balada…simples assim!!

A localização é boa também ( R. Dom José de Barros, 337) … perto do metro Republica e ai posso deixar o carro mais perto de casa e voltar na buena! (embora o centro esteja meio tenso de circular. Mas é só ficar esperto que rola!!)

O Pico é no segundo andar de um prédio antigão… Cara é cabuloso demais, parece uma viajem no tempo e a iajem não para por ai.

Chagando lá, fui mega bem recebido pelo meu parça das antigas Nikki Nixxon, da antiga banda S.A.R. que me mostrou o pico sala por sala…é um andar inteirinho com varias coisas bacanas: Salão com DJ (tem 2) salas pra se jogar, varanda pro fumantes (arghhh…) um salão maior pra shows (chuto que cabem umas 80 pessoas, neste salão) e um balcão pras bebericagens.

O visual do point é insano… opa..hora de acionar a maquina…

Foto do Largo do “Payssandu” tirada do balcão do Trackers

 

Botequim

 

To Dance

 

 

visual insano

 

visual insano

 

visual insano

 

visual insano

 

visual insano

 

visual insano

 

Pra arrancar uns dentes or What???

 

visual insano

Bem, sentiu a pegada?? Pico ANIMAL!!! me senti em casa….

Bem hora do som né? E começamos com Reverendo Frankenstein e o primeiro show do vocal novo…

tensãooooooooooo…..

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

 

Reverendo Frankenstein

Well… bom show, mas como era de se esperar o vocalista tava bem tenso, mas mandou bem. Mas coloco todas as minhas fichas na opção que vai melhorar show a show!!

Agora…SKIZOYDSSSSSS…. psycholoucura até o talo… uma das minha prediletas do Psycho do SP.

Pau no gato….

Skizoyds

 

Skizoyds

 

Skizoyds

 

Skizoyds

 

Skizoyds

 

Skizoyds

 

Skizoyds, dividindo o mic!

 

Galera agitando!
Skizoyds

Meu os caras sentaram a bordoada… showzinho fulminante, como de costume!

E a cada show mais e mais a galera se acostumava com o local e ia se soltando…

Galera Agitando

Desta vez, talze por estar em outra sala a discotecagem ganhou um força, claro que tava otima, mas foi realmente diferente e o povo (pelo menos aqui no Brasil) que não costuma dançar…. ralou os creepers!!

Dance Hall
DJ

Pra fechar esse tópico…só uma coisa…que vai acabar… ops!! JÁ É uma campanha…. DJs, não fiquem disputando que toca o som mais bizarro e desconhecido… misturem, procurem o equilíbrio e PRINCIPALMENTE… toquem sons nacionais!!! Acho que é assim que vamos melhorar um pouco mais a cena!!

Bem pra encerrar o duo Phantom Powers, que como eu disse anteriormente, veio do sul pra mostrar seu trampo por aqui.

Ainda sem trabalho gravado, mas depois de ver o show acho que não tarda, pois o som ta madurinho…. talvez só precisem de mais uns temas próprios.

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers, Multitarefa!

 

Adicionar legenda

 

Phantom Powers, dando um tapa no som.

 

Phantom Powers

 

Phantom Powers

 

Porra!!! o Show foi demais, eles tem um nível gringo… Bons sons próprios e ótimas versões…em especial adorei uma do Judas – Breaking The Law…. bem diferente e energética!

Tenho certeza de quem viu o show curtiu muito…acho que agora resta ficar na pilha de uma material gravado deles!!! Ta na hora galera!

Bem foi isso… só deixei pra comentar dois pequenos probleminhas agora no finzinho… primeiro o cara do som, que deixou uma microfonia, apitar a noite toda e no ultimo show, se bicou com a banda e saiu fora…. bizarro! Mas o Ray de um tapa na mesa e arredondou o som!

O outro detalhe era o preço da breja… 10 DILMAS…ai castiga o caboclo!!!

Espero que na minha próxima visita essas coisas tenham evoluído…por que o pico é demais.

Que venham mais e mais shows!!!

2 Comments

  1. Flavião, valeu pelo toque, mais não sei porque ficou com essa impressão.
    Toquei vários sons de banda nacional, assim como bandas neo e anos 90, um pouco mais porrada.
    Já a discotecagem do Rubens (vinil), caiu um pouco mais pro lado da garageira.
    Tentamos abranger todos os “estilos” do Psychobilly.
    Valeu o toque.

  2. Ola Babu, na real acho que não ficou claro, minha posição! Achei a discotecagem desse dia diferenciada, por isso disse “que ganhou uma força” mas em geral, em vários outros sons que vou, seja qualquer estilo… é como reclamei.
    Coisas bizarras e muitas vezes sem conexão com o ambiente dos shows, além de nunca escutar algo nacional!!
    Não foi o que aconteceu, embora tenha pego pouco do seu set, pois tava fotografando e conhecendo o pico! Acho bom e o Rubens mandou bem pra caraio…acho que até comentei com o Marcio.
    Brigado ai por dar sua opinião!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *